Terreiro Pai luis oxum e oxossi

Posts tagged ‘Umbanda’

Oração de todos Orixás no Candomblé e Umbanda de Exú a Oxalá

Oração de todos orixás para rezar na hora de fazer suas preces, oferendas, pedidos para os santos dentro da Oração  Exú, ogum, Oxossi, Ossain, Oxum, Oxumarê, Iansã, Xangô, Yemanjá, Obaluaiê, Nanã, Oxalá.

A reza se encontra em português, mas não significa que você não possa utilizar nocandomblé acoplando esta após seus orikis, já na Umbanda pode-se rezar para qualquer finalidade a Oração de todos orixás.

Que a irreverência e o desprendimento de Exú te animem a não encarar as coisas da forma como elas parecem à primeira vista e sim que você aprenda que tudo na vida, por pior que seja, terá sempre o seu lado bom e proveitoso! Laroiê Exu!
Que a tenacidade de Ogum te inspire a viver com determinação, sem que você se intimide com pedras, espinhos e trevas. Sua espada e sua lança desobstruam teu caminho e teu escudo te defenda. Ogum Yê meu Pai!
Que o labor de Oxóssi te estimule a conquistar sucesso e fartura às custas de teu próprio esforço. Suas flechas caiam à tua frente, às tuas costas,à tua direita e à tua esquerda, cercando-te para que nenhum mal te atinja. Okê Arô Ode!
Que as folhas de Ossanhe forneçam o bálsamo revitalizante que restaure-as tuas energias, mantendo tua mente sã e corpo são. Ewe Ossanhe.
Que Oxum te dê a serenidade para agir de forma consciente e equilibrada. Tal como suas águas doces – que seguem desbravadoras no curso de um rio,entrecortando pedras e se precipitando numa cachoeira, sem parar nem ter como voltar atrás, apenas seguindo para encontrar o mar – assim seja que você possa lutar por um objetivo sem arrependimentos. Ora YeYêo Oxum!

Que o arco-íris de Oxumarê transporte para o infinito tuas orações, sonhos e anseios, e que te traga as respostas divinas, de acordo com teu merecimento. Arrobobo Oxumarê!

Que os raios de Yansã alumiem teu caminho e o turbilhão de seus ventos leve para longe aqueles que de ti se aproximam com o intuito de se aproveitarem de tuas fraquezas. Êpa Hey Oyá!

Que as pedreiras de Xangô sejam a consolidação da Lei Divina em teu coração.Seu machado pese sobre tua cabeça agindo na consciência e tua balança te incuta o bom senso. Caô! Caô Cabecilê!

Que as ondas de Yemanjá te descarreguem, levando para as profundezas do mar sagrado as aflições do dia-a-dia, dando-te a oportunidade de sepultar definitivamente aquilo que te causa dor e que seu seio materno te acolha e te console. Odoyá Yemanjá!

Obaluaiê

Que as cabaças de Obaluayê tragam não só a cura de tuas mazelas corporais, como também ajudem teu espírito a se despojar das vicissitudes. Atotô Obaluayê!

Que a sabedoria de Nanã te dê uma outra perspectiva de vida, mostrando que cada nova existência que tens, seja aqui na Terra ou em outros mundos, gera a bagagem que te dá meios para atingir a evolução, e não uma forma de punição sem fim como julgam os insensatos. Saluba Nanã!

Que a vitalidade dos Ibejis te estimule a enfrentar os dissabores como aprendizado; que tu não percas a pureza mesmo que, ao teu redor, a tentação te envolva. Que a inocência não signifique fraqueza, mas sim refinamento moral! Onibeijada!

Que a paz de Oxalá renove tuas esperanças de que, depois de erros e acertos; tristezas e alegrias; derrotas e vitórias; chegara ao teu objetivo mais nobre; aos pés de Zambi maior! Êpa Babá Oxalá.
Espero que tenha gostado da oração de todos Orixás, eu em paticular uso os Oriki em Yoruba, mas após os mesmos utilizo sim esta raza em português.
Anúncios

Hino Da Umbanda

Hino Da Umbanda

orixas de umbanda

umbanda

Refletiu a luz divina

com todo seu esplendor

é do reino de Oxalá
Onde há paz e amor
Luz que refletiu na terra
Luz que refletiu no mar
Luz que veio, de Aruanda
Para todos iluminar
A Umbanda é paz e amor
É um mundo cheio de luz
É a força que nos dá vida
e a grandeza nos conduz.
Avante filhos de fé,
Como a nossa lei não há,
Levando ao mundo inteiro
A Bandeira de Oxalá !
Levando ao mundo inteiro
A Bandeira de Oxalá !

Cosme e Damião Cade Doun

Cosme e Damião

Cosme e Damião,
Damião cadê Doun ?
Doun foi passear lá no cavalo de Ogum
Cosme e Damião,
Damião cadê Doun ?
Doun foi passear lá no cavalo de Ogum
Dois dois sereias do mar
Dois dois mamãe Iemanjá
Dois dois sereias do mar
Dois dois mamãe Iemanjá

Cosme e Damião,
Damião cadê Doun ?
Doun foi passear lá no cavalo de Ogum
Cosme e Damião,
Damião cadê Doun ?
Doun foi passear lá no cavalo de Ogum
Dois dois sereias do mar
Dois dois mamãe Iemanjá
Dois dois sereias do mar
Dois dois mamãe Iemanjá

Credo Umbandista

Credo Umbandista

 

“Creio em Deus, Onipotente e Supremo; Creio nos Orixás e nos Espíritos Divinos que nos trouxeram para a Vida por Vontade de Deus.

Creio nas Falanges Espirituais, orientando os homens na vida terrena; Creio na reencarnação das almas e na Justiça divina, segundo a Lei do Retorno;

Creio na comunicação dos Guias Espirituais, encaminhando-nos para a Caridade e a prática do Bem; Creio na invocação, na Prece e na Oferenda, como atos de fé e

creio na Umbanda,como religião redentora, capaz de nos levar pelo caminho da evolução até o nosso Pai Oxalá.”

PRETO-VELHO

preto velho

preto velho

 

PRETO-VELHO

 

Um galhinho de arruda

A vovó me deu

Um galhinho de arruda

Pra me proteger

Eu agradeço a essa linda Preta Velha

Um galhinho de arruda

Ela me ofereceu

Eu agradeço a essa linda Preta Velha

Pois em suas orações

Ela nunca me esqueceu

 

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

 

Preto Velho

Vem de Minas

Caminhou o ano inteiro

Carregou sete calungas

Para salvar o Terreiro

Ê ê ê ê

Ê ê ê a

A banda é boa

Banda de Minas Gerais

 

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

 

Benedito é Preto, calunga

Eu também sou Preto, calunga

Ora viva os Pretos, calunga

Eu também sou Preto, calunga

A minha Terra é de Preto, calunga

Eu também sou Preto, calunga

 

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

 

Sou Preto, sou Preto,

Sou Preto só na cor

Na alma, na alma

Sou filho de Nosso Senhor

 

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

 

A fumaça do cachimbo da vovó

Sobe bem alto

Só não ver quem não quer

O cachimbo da vovó tem mironga

Na barra da saia

Na sola do pé

 

Pontos de OXÓSSI

terreiro pai luis , oxssi

OXOSSI

GUERREIRO DA MATA

 

Sou filho do Vento da Mata,

Do Vento que vem e que vai,

Oçanhe me olhe e me ajude,

Oxóssi que é o meu Pai.

Guerreiro da Mata eu sou,

A vida me ensina a viver,

Sou filho do Vento da Mata,

Coragem, se tens, vem me ver.

Sou filho do Vento da Mata…

A lança que eu trago, eu fiz,

Meu arco não atira, em vão,

Na mata, onde eu sou feliz,

Levo sempre um escudo na mão.

Sou filho do Vento da Mata…

Guerreiro de Tribo Valente,

A brisa da mata é meu ser,

Coragem eu trago na frente,

Que Oxóssi me dá, pra vencer.

Sou filho do Vento da Mata…

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

O LÍRIO DO CABOCLO

O lírio, o lírio ê, o lírio, o lírio ê,

O lírio, o lírio ê, o lírio. (bis)

O lírio é uma flor tão linda,

Que enfeita o Juremá. (bis)

Seu Serra Negra apanhou,

O seu bodoque e a sua flecha,

Sua ema foi caçar. (bis)

Atravessou toda a floresta,

Numa noite de luar. (bis)

O lírio, o lírio ê, o lírio, o lírio ê, o lírio, o lírio ê, o lírio. (bis)

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

 Quem mora na mata é Oxóssi,

Oxóssi é caçador,

Oxóssi é caçador.

Eu vi meu pai assobiar,

Eu mandei chamar.

Vem da Aruanda ê,

Vem da Aruanda a,

Pai Pena Branca,

Vem da Aruanda,

Vem na Umbanda.

Galeria

orixas de umbanda

xango sr omolu

oxala

oxala

Iansaandreia ogum 0 Nana OXÓSSI-2 OBA oxumare IEMANJÁ1